Calos e calosidades: o que são e quais os cuidados necessários?

Calos e calosidades: o que são e quais os cuidados necessários?

Encontrar sapatos adequados aos pés está longe de ter como motivação apenas a estética. É preciso estar muito atento aos materiais utilizados e à forma como eles são produzidos para que você não corra o risco de enfrentar problemas, inclusive, de saúde, decorrentes do mau uso de sapatos. Calos e calosidades são alguns deles.

Você sabia que há diferenças entre essas duas situações? Neste artigo, vamos explicar quais são elas, como os calos e calosidades se manifestam, quais cuidados você deve ter para preveni-los e como deve fazer o tratamento. Continue a leitura!

Descubra as diferenças entre calos e calosidades

Muitas vezes, começamos a sentir um desconforto nos pés, mas não temos certeza de quais são as causas e como devemos fazer para nos livrarmos dele. O primeiro passo, sem dúvida, é a identificação do problema.

Calosidades

Se você sente dor em áreas mais espessas da pele dos seus pés, certamente você tem calosidades. De tamanhos e formatos variados, elas costumam aparecer onde os pés recebem atrito ou pressão.

Calos

Na maioria das vezes, eles são confundidos com as calosidades. Os calos são pequenos, amarelados e têm a forma de um cone, podendo estar inflamados. Pode ficar na parte de trás das articulações ou no lado de fora do pé. O chamado olho de peixe é uma de suas evoluções.

Conheça as principais causas

Não importa se são calos ou calosidades: as causas costumam ter origens semelhantes. Vamos listar algumas delas:

  • sapatos muito apertados ou que ficam muito soltos nos pés, causando atritos repetidamente;

  • meias no tamanho errado, formando pregas que podem machucar os dedos e outras regiões dos pés;

  • sapatos mal produzidos, com costuras expostas, que podem causar atritos ou apertar demais;

  • pouco tecido adiposo sob a pele, que geralmente acomete os idosos;

  • deformidades nos pés.

Saiba os sintomas dos calos e calosidades

Antes de pensar em tratamento para o problema, é preciso conhecer os sintomas para identificá-lo. Geralmente, a primeira coisa que nos faz perceber que temos um calo ou calosidade é a dor ou desconforto, que ocorre quando já há uma protuberância alta e dura no local.

Muitas vezes, quando há atrito repetido, os pés podem ficar inchados ao redor do calo, causando ainda mais dor. A pele também pode ficar áspera e ressecada, rachando nos casos mais intensos.

Aprenda a tratar o problema

Há uma série de formas de tratar os calos e calosidades, de acordo com a gravidade do problema. Para amenizar a dor, por exemplo, você pode fazer um escalda-pés com água morna e sabão. Bastam três minutos para que o alívio comece. Depois, passe uma pedra-pome no local, aos poucos, para diminuir o calo ou calosidade.

Um podólogo poderá ajudar a cuidar dos seus pés para o tratamento. Mas, se houver deformações ou outras complicações, você deve procurar um médico. Ele poderá indicar medicamentos com base em ácido acetilsalicílico, ureia ou ácido láctico para ajudar a remover o problema.

Veja como prevenir calos e calosidades

Veja o que você pode fazer para ajudar a manter seus pés saudáveis e livres dos calos e calosidades:

  • procure calçados confortáveis, de fabricação cuidadosa e materiais de qualidade, flexíveis e adequados para seus pés;

  • passe um tempo dentro de casa ou ao ar livre com os pés descalços;

  • proteja os locais onde normalmente aparecem os calos e calosidades com curativos;

  • use cremes hidratantes próprios para os pés diariamente.

Os calos e calosidades são problemas que ocorrem frequentemente e afetam muitas pessoas, podendo atrapalhar o seu dia por causa da dor e do desconforto que provocam. Por isso, é importante seguir todas as recomendações para evitar que eles apareçam.

Quer saber quais são os tipos de calçados mais confortáveis que podem ajudar você na prevenção? Então, leia este outro artigo e escolha os sapatos mais adequados para os seus pés.

 

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter


Banner

Redes sociais

redes sociais

Curta nosso Facebook

Instagram Rocco Lorenzzo