Como escolher um terno elegante?

Como escolher um terno elegante?

É só aparecer um evento ou uma ocasião que pede uma vestimenta mais formal para o terno se tornar um grande dilema para os homens. Afinal, como escolher um terno elegante, confortável e ideal para cada ocasião?

Isso porque as roupas não servem apenas para cobrir o corpo, mas também para traduzir a personalidade e o estilo de quem as veste. Com o terno também é assim. Seja para transmitir uma mensagem de seriedade, seja de formalidade, a escolha correta faz toda a diferença na hora de compor o visual.

Mas para que você acerte em cheio, é preciso ter certos cuidados e prestar atenção a alguns detalhes que ajudarão você a encontrar a peça ideal! Para assessorar nessa missão, confira, a seguir, nossas dicas do que você deve levar em conta na hora da comprar e para ficar impecável na hora de usar!

Preste atenção ao corte

O terno deve, primordialmente, respeitar as dimensões do seu corpo, sem parecer justo ou largo demais. Para que isso não ocorra, o corte é essencial para que o caimento seja perfeito e o terno se ajuste de forma harmoniosa, sem exageros.

O paletó deve estar perfeitamente ajustado aos ombros, sem sobra nem falta de tecido. Além disso, o comprimento deve tapar o quadril, mas não deve chegar até as coxas. Para as mangas, o ideal é que fiquem exatamente na linha entre a mão e o antebraço.

Já a barra da calça deve cobrir o sapato para evitar que, ao se sentar, você fique com a calça curta. No entanto, não deve ser demasiadamente longo a ponto de formar dobras em cima do sapato, pois isso também fica deselegante.

Para os homens com silhueta mais magra, a melhor opção é o modelo slim fit, que tem um corte mais ajustado e rente ao corpo, mas sem abrir mão do conforto e da sobriedade do traje.

Opte por cores clássicas

Na maioria das vezes que buscamos saber como escolher um terno, a cor é que determinará a usabilidade do terno e o seu tempo de vida, já que algumas tonalidades caem facilmente em desuso por serem marcantes. Isso significa que todo mundo perceberá, em algum momento, que você usou o mesmo terno em diferentes situações.

Esse problema pode ser evitado já na compra, com a aquisição de ternos em tons mais clássicos, como preto, cinza ou azul-escuro. Essas variações permitem que você utilize diferentes combinações de camisas e gravatas, o que dará vida nova ao visual em cada ocasião.

Dê importância aos botões

Cuidado: esse detalhe costuma passar despercebido, mas a abotoadura do terno é importante para o acabamento do traje como um todo. Dependendo do material e de como os botões estão dispostos no terno, a abotoadura pode conferir elegância e sofisticação às peças.

Há modelos com abotoaduras simples (com um, dois ou três botões) e também os com abotoaduras paralelas (que formam um quadrado e são perfeitos para ocasiões mais informais).

Outra dica: na hora da compra, preste atenção se os botões fecham com facilidade — para evitar danos ao tecido — e se estão bem presos e alinhados (o botão principal deve estar na altura do umbigo para que o caimento seja perfeito).

Não se esqueça dos sapatos

Por ser um traje mais formal, o terno deve ser utilizado, primordialmente, com sapatos sociais e, de preferência, da mesma cor do conjunto escolhido, para que não se destaquem na composição final do visual.

As meias devem obedecer à mesma regra, seguindo a padronagem de cor e cobrindo os tornozelos integralmente.

Mas se você for mais descolado e moderno, pode escolher um mocassim. Há modelos que combinam perfeitamente com os ternos, em especial aqueles que têm o caimento mais justo. Certamente, você ficará mais confortável, sem perder a elegância e mantendo um ar despojado, caso combine com a sua personalidade.

Conheça os diferentes tipos de terno

Você já sabe quais são os detalhes aos quais você deve prestar atenção na hora de comprar um terno e compor o visual para alguma ocasião especial. Agora, mostraremos que existem, basicamente, três modelos diferentes de ternos. É importante, antes de comprar, vestir um de cada tipo para checar qual deles faz mais a sua cabeça.

Modelo italiano

Lembra-se de que falamos que um bom terno, mais ajustado ao corpo, pode combinar bem com as pessoas mais despojadas e um clássico mocassim? Esse é o tipo de terno ideal para isso. O corte italiano tem a calça mais presa ao corpo, e o casaco é acinturado. Ele veste melhor em quem está com o corpo em dia.

Mas você deve tomar cuidado se tiver os braços mais musculosos, por exemplo, pois o ombro é bem estruturado, e as mangas também são justas. É importante, também, que ele não fique colado no corpo, mas que acompanhe a sua silhueta.

Modelo inglês

Mais sóbrios, assim como temos a noção de que são os ingleses, os ternos que têm esse corte podem ser usados por pessoas com qualquer tipo de corpo. São indicados para homens com tendências mais conservadoras de vestimentas e combinam mais com os sapatos sociais clássicos.

No modelo inglês, a calça continua mais justa ao corpo, mas o casaco é mais largo, com duas fendas na parte de trás.

Modelo americano

Esse também pode ser considerado um terno tradicional e foi, por muitos anos, o mais escolhido pelos homens brasileiros. Ele não acompanha a sua silhueta, deixando seu visual mais reto, retangular.

Por isso, combina com todos os tipos de corpos masculinos. Vai bem com os sapatos sociais clássicos e os modelos Oxford. Para modernizar um pouco esse tipo de terno, as confecções têm trabalhado com o corte slim fit, que o deixa levemente mais ajustado ao corpo.

Veja, também, os modelos de lapelas

As lapelas também têm desenhos diferenciados e, se você é daqueles que gostam de prestar atenção a todos os detalhes, vale a pena conhecer as principais.

Lapela notched

Essa é aquela mais conhecida, tendo o formato triangular naquele vão, sendo moldada, como o nome diz.

Lapela peaked

Na tradução literal, peak significa pico. Ou seja, essa lapela forma um bico na ponta, mais avantajado do que os demais modelos.

Lapela shawl

Esse tipo de lapela não tem aquele vão. Ela tem o corte único e arredondado, chegando quase até o fim da abertura do casaco.

Por fim, escolha o tipo de bolso que mais agrada ao seu estilo

Saber que tipo de bolso escolher no seu terno é importante, em especial se guardará a carteira ou o celular e, também, se gosta de colocar as mãos nele. O paletó, aliás, tem outros bolsos além daqueles laterais. Confira.

  • chest: é aquele que fica no peito, em que, antigamente, se usava colocar o lenço;

  • besom: nas laterais do casaco, o chest é apenas uma fenda reta, sem abas;

  • flap: bolsos mais clássicos, com abas cobrindo a fenda;

  • patch: esse bolso fica totalmente visível no paletó, sendo costurado na parte de fora do casaco;

  • ticket: é um estilo diferente, que fica acima das fendas tradicionais.

Viu como a tarefa de como escolher um terno fica mais fácil e sem chances de erros com essas dicas bem simples? Basta conhecer os tipos existentes, experimentar o que mais combina com seu estilo e com seu corpo e adquirir o seu!

Agora que você já sabe tudo sobre como escolher um terno, assine a nossa newsletter e fique por dentro de dicas sobre o seu visual, assim como esta!

Mocassim ArgentinoPowered by Rock Convert

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter


Banner

Redes sociais

redes sociais

Curta nosso Facebook

Instagram Rocco Lorenzzo

Seguir no Pinterest