Síndrome de Burnout: entenda de uma vez a doença

Síndrome de Burnout: entenda de uma vez a doença

 

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, muitas pessoas não medem esforços quando o assunto é garantir a qualidade do seu trabalho, mesmo que isso signifique maior empenho. Apesar de ser uma atividade construtiva e importante para, praticamente, todo adulto, quando é realizada em excesso pode causar diversas doenças psicossomáticas, inclusive a Síndrome de Burnout.

A origem desse nome vem da expressão “burnout”, traduzida como “queimar até o fim”. Isso representa o estado de esgotamento físico, psicológico e emocional como consequência de uma rotina profissional sobrecarregada.

As pessoas mais suscetíveis a apresentar esse quadro são aquelas que passam por diversas situações de estresse no ambiente de trabalho e, consequentemente, não conseguem se desligar dos seus afazeres por completo.

Como com saúde não se brinca, montamos este post explicando mais sobre essa doença que atinge cerca de 30% da população brasileira. Tem interesse em entender como a Síndrome de Burnout pode afetar a sua qualidade de vida? Então continue acompanhando a leitura!

Como a Síndrome de Burnout afeta a saúde?

São várias as razões que podem fazer com que alguém chegue ao estado de burnout, mas as principais são a competição e a insegurança. Quando você tem uma meta profissional, é comum se esforçar para atingi-la, mesmo que isso signifique deixar de lado outras áreas da vida por um momento. O problema está quando não surge tempo para relaxar, cuidar de si mesmo, encontrar a família e amigos, entre outras coisas que, quando não são realizadas, favorecem o aumento do estresse do dia a dia.

Existem também aqueles que sentem a necessidade de reconhecimento de terceiros, criando uma insegurança em relação à própria imagem. Pessoas assim costumam ter dificuldades de se posicionar e dizer “não” em algumas situações. Dessa forma, acabam por priorizar em excesso as responsabilidades do trabalho, abrindo mão das suas necessidades.

Quais são os principais sintomas?

Os sintomas apresentados por alguém que desenvolveu a Síndrome de Burnout podem ser confundidos facilmente com outros transtornos mentais, como a depressão e a ansiedade. Os sinais mais comuns dessa doença são:

  • excesso de estresse;

  • desânimo;

  • irritabilidade;

  • problemas de sono;

  • dores de cabeça frequentes;

  • problemas cardiovasculares e gastrointestinais;

  • pressão alta;

  • fadiga;

  • preocupação excessiva;

  • falta de motivação;

  • ideia de inferioridade;

  • dificuldades de raciocínio e de sentir prazer.

Além disso, bebidas alcoólicas, cigarro, drogas e medicações usadas sem prescrição médica para amenizar esses sentimentos são os principais fatores que aumentam os sintomas, acarretando mais problemas na condição física e mental do paciente.

Buscando ajuda

A melhor forma de prevenir essa doença é organizando a rotina com o tempo adequado para trabalhar, descansar, ter lazer e passar um tempo com a família. Além disso, a mudança de alguns hábitos pode ajudar, como praticar mais atividades físicas e ter uma alimentação mais equilibrada.

O tratamento mais indicado é feito com a psicoterapia. Durante as sessões, o profissional da saúde consegue realizar o diagnóstico e indicar as mudanças que devem ser realizadas para garantir o seu bem-estar, podendo, em alguns casos, receitar medicamentos.

Como você viu, a Síndrome de Burnout é decorrência da falta de equilíbrio entre a área pessoal e profissional que, consequentemente, dificulta o alcance dos seus objetivos e metas dentro e fora do trabalho. Por essa razão, buscar uma harmonia no seu dia a dia é mais que importante para ter uma maior qualidade de vida.

Gostou deste post? Então aproveite e curta a nossa página do Facebook e nos siga no Instagram para ficar por dentro das novidades!

 

SaudePowered by Rock Convert

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter


Banner

Redes sociais

redes sociais

Curta nosso Facebook

Instagram Rocco Lorenzzo